Ubuntu Studio no CMIJ

ardour01

Ubuntu Studio – US – é um esperto pacote multimídia Linux que roda no sistema operacional aberto Ubuntu, vindo cobrir uma lacuna dos soundesigners que não aguentam mais a instabilidade do Windows e não têm grana para migrar rumo ao Macintosh. O US trabalha com áudio e vídeo, e pode ser configurado para um ou outro, ou ambos, de acordo com as necessidades do usuário. O Ubuntu Studio faz parte do conteúdo programático das aulas de Produção Musical com Software Livre do CMIJ.

Vários dispositivos melhoram o acesso às placas de som e de vídeo. No caso do áudio, destaque para o Jack, que permite a conexão de vários aplicativos com vários equipamentos de áudio, permitindo que compartilhem entre si diversos procedimentos. Tem utilitários para conexão (jackd); monitoramento de latência (jdelay); patchbay para áudio e MIDI (patchage); medidores de parâmetros de áudio (meterbridge) e muitos outros. Qualquer semelhança com o Reason será mera coincidência?

O Jack – Jack Audio Connection Kit – é um servidor de áudio de baixa latência desenvolvido originalmente para rodar no GNU/Linux, com dois focos: sincronismo de todos os clientes e baixo atraso. Divide-se em Jack Server (infraestrutura), JackRouter (driver), Jack Audio Plugins e JackPilot (interface de controle e gerenciador de conexões de áudio). A versão atual (0.85) eliminou bugs com o sistema OS X e outros pequenos problemas com placas de áudio da Digidesign.

A primeira versão US lançada foi a 7.04 Feisty Fawn, com a inclusão de um núcleo de TR (tempo real), sendo ideal para ilhas de edição de vídeo e várias outras aplicações que envolvam trabalhos de áudio em tempo-real. No tocante ao áudio, inclui um kernel diferente para tarefas de vídeo e gráfico, que tem uma latência baixa para habilitar um fácil funcionamento do Jack. A versão atual do Ubuntu Studio disponível para download é a 9.10, e é uma das poucas versões que vem em DVD (quase 2 Gb).

Uma estação de trabalho de áudio digital – Ardour – está inclusa no pacote do US, mas pode ser baixada gratuitamente (ou mediante uma colaboração em dinheiro espontânea). Ele trabalha a 32 bits com formatos WAV, WAV64, AIFF, BWF e outros, timecode, tem o código-fonte aberto, e roda no sistema operacional Mac, OS X, implementando recursos presentes no ProTools e no SoundForge. Foi escrito em C++ e sua interface gráfica com o gtkmm C++, com código-base em 160 mil linhas, 48 mil para a interface de usuário e 34 mil para o “motor”.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *